Curitibanos inicia nova fase de vacinação em domicílio para idosos acima de 90 anos

A Administração Municipal, através da Secretaria de Saúde inicia amanhã, a nova fase de vacinação contra a Covid-19. O público-alvo desta etapa são os idosos com idades acima de 90 anos. Conforme dados da Secretaria, o número de pessoas correspondentes a esta faixa etária em Curitibanos é de 127. Ao todo serão entregues 210 doses, que serão aplicadas aos profissionais de saúde remanescentes da primeira fase.  

De acordo com a equipe técnica, a forma mais segura para realizar a imunização deste grupo é em domicílio. “Geralmente são pessoas mais frágeis, que podem apresentar alguma comorbidade derivada da idade avançada, além de evitar aglomerações e reduzir o risco de contágio pela Covid-19. Temos um cadastro com os nomes e endereços de todos os idosos que receberão a imunização”, explicaram os profissionais da Saúde.

A vacinação iniciou no dia 19 de janeiro em Curitibanos, com os profissionais de saúde que atuam diretamente no combate à Pandemia. Desde o primeiro lote foram vacinadas 782 pessoas.

As definições de grupos prioritários e a ordem de vacinação foram estabelecidas pelo Governo Federal, segundo os critérios de exposição à infecção e de maiores riscos para agravamento e óbito pela doença.

Após esta fase, em um segundo momento, será a vez do público com idade entre 85 e 89 anos, a partir do recebimento da quinta remessa; 80 e 84 anos, na sexta remessa e, por fim, 75 a 79, com o recebimento da sétima remessa. Os demais idosos, de 60 a 74 anos de idade, também serão vacinados, conforme o recebimento de novas doses. Segundo cadastro da Secretaria Municipal de Saúde, Curitibanos conta com uma população de 6.010 pessoas acima dos 60 anos.

As vacinas chegaram ao Estado no domingo (7), e a distribuição para as regionais iniciou na segunda-feira (8). No total foram mais 85 mil doses da vacina contra a Covid-19. O lote é da Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório Sinovac. Trata-se da quarta remessa enviada ao Estado desde o dia 18 de janeiro, totalizando 298,1 mil unidades até o momento.